Viewing entries in the category aplicativos

Conversávamos na semana passada no Twitter sobre vinhos e como muitas vezes é difícil lembrar de um determinado vinho – na hora tão inesquecível – que tomamos em algum lugar por este mundo afora. São tantas informações para guardar que muitas delas acabam se perdendo mesmo. No meu caso, as etílicas são as primeiras :-) Tenho amigas que viajam e anotam absolutamente tudo da viagem. Hotéis, quanto custaram as diárias, todos os restaurantes, bares e cafés onde foram, o que comeram, quanto pagaram. Preços de passeios, mapas detalhados. Não tenho esta disciplina e depois sofro por isto.

Comecei a fotografar os vinhos para lembrar depois. Mas ainda assim os rótulos se perdiam no tempo e no espaço.  Até que a ideia de fotografar rótulos foi aperfeiçoada por esta descoberta muito útil para catalogar vinhos em viagens: o aplicativo – gratuito –  para iPhone, iPod, iPad e para Android, Vivino Wine Scanner.

O funcionamento do Vivino é muito simples. Ele  é basicamente um scanner de rótulos de vinhos, que reconhece os vinhos escaneados e armazena os rótulos em um álbum, que fica guardado tanto no seu dispositivo como no website deles, e no qual você pode acrescentar informações como a data e o local onde tomou o vinho e que nota deu, entre outras.

Mas tem mais: quando você escaneia o rótulo de um vinho usando o Vivino, ele automaticamente compara o vinho com quase 650 mil vinhos registrados na sua base de dados de vinhos e vinícolas do mundo inteiro e fornece informações  básicas sobre aquele vinho: de qual região e vinícola é (e a localização dela no mapa), a composição das uvas e as notas dadas a ele por outros usuários do programa, por exemplo.  E se o programa não reconhecer o vinho, ele informa que sua equipe de pesquisa vai procurar e voltar com as informações sobre ele dentro de alguns dias. Eu nunca passei por esta situação, mas usuários do programa dizem que dá certo, sim. O legal é que ele funciona offline também: dá para escanear os vinhos e depois com o acesso a internet completar o ‘reconhecimento’ da garrafa. E dá para escanear também fotos de rótulos  tiradas antes da instalação do programa.

E assim como nas redes sociais, seu álbum de rótulos pode ser compartilhado com outros amigos que também usem o Vivino. Ele, inclusive, procura os amigos que usam o aplicativo entre seus amigos no Facebook, se você quiser.

Assista no YouTube como funciona o Vivino

Não é bacana? :-)

Compartilhar/Favoritos