Com viagem marcada para o Peru, combinei de encontrar a Manu Tessinari em Lima. A Manu é uma amiga brasileira que mora lá e tem um blog muito bacana com dicas do Peru, o Cup of Things.

Conversando com a Manu sobre as delícias e percalços da vida de blogueira de viagem, comentamos como é difícil responder a fatídica pegunta que volta e meia aparece: “o que é imperdível em xxxxx?” Esta pergunta capciosa é complicada quando temos um conhecimento mais do que superficial sobre um local. Como é o caso da Manu em Lima, por exemplo. Ou quando alguém me pede uma indicação de restaurante em São Paulo. Estas respostas costumam ser tratados de várias páginas 😀

Lembrei da conversa com a Manu para fazer este post.  Para mim, que fiquei apenas quatro dias em Lima, fica mais fácil escolher 😉  Com vocês, cinco coisas que considero imperdíveis para quem vai a Lima, no Peru.

1 – ANDAR NA BEIRA-MAR

Foto: Edu Luz do DCPV

A característica mais marcante da cidade de Lima é a beira-mar. A cidade propriamente dita fica à beira do mar mas não exatamente ao nível do mar. Há um barranco ou platô que se estende por quilômetros e separa duas avenidas que serpenteiam pela costa: uma lá embaixo, ao nível do mar, e outra em cima, beirando os prédios e casas da cidade, com muitos trechos de parques. Ou seja, para entender Lima é preciso ver esta singular geografia de perto. Mas há a peculiaridade do clima que deixa tudo ainda mais diferente. Lima tem umidade altíssima, mas praticamente não chove na cidade. Nos dias em que estive lá a umidade chegou a 100% e não choveu. Não há bueiros nas ruas 🙂 Durante o inverno, entre junho e setembro, isto provoca uma neblina densa que é quase onipresente na cidade. O céu é branco 95% do tempo. Não é muito bonito, mas é bem interessante e bem típico da cidade.

O melhor trecho para caminhar fica em Miraflores, entre o Parque del Amor e o shopping center Larcomar. Visite os dois. No caminho, estique os olhos para ver lá embaixo o restaurante La Rosa Náutica, que fica praticamente dentro do mar e é um dos mais tradicionais da cidade.

(A foto foi gentilmente ‘emprestada’ pelo Edu Luz do DCPV já que as minhas fotos do local não eram publicáveis)

 2 – PASSEAR PELO CENTRO HISTÓRICO

O Centro Histórico de Lima é um pouco maltratado mas tem atrações importantes. Vale a pena circular pela Plaza de Armas e arredores e conhecer algumas delas. Destaco a Catedral, o Palácio Episcopal, o Monastério de Santo Domingo, o Convento de São Francisco e a Casa Aliaga. Para mim, ficou faltando o Museo Bodega y Quadra. Se tiver tempo, vá. É bom ficar atento aos horários de abertura e fechamento. O Convento de São Francisco, por exemplo, fecha entre 12h e 16h. Outra informação importante: para visitar a Casa Aliaga é necessário agendar a visita. Mas vale a pena, o lugar é lindo.

A Manu explica tim tim por tim tim como explorar o Centro Histórico de Lima neste post aqui.

3 – VISITAR O MUSEU LARCO

O Museu Larco (ou Museo Arqueologico Rafael Larco Herrera) é um super passeio em Lima, por várias razões. Primeiro porque ele fica em um bairro residencial de classe média com praças e casas bem típicas da cidade.  Se tiver tempo livre, vá caminhando entre o Museu Larco e o Museu Nacional de Arqueología Antropología e Historia del Perú  e visite-o também. Segundo, porque ele fica em uma praça bonitinha. Terceiro pelo lindo jardim – que estava cheinho de primaveras floridas quando fomos – e pelo restaurante que dá vista para este jardim, o Cafe del Museo, que é uma delícia. Mas quarto e mais importante pelo próprio museu, onde há uma completa coleção de artefatos cerâmicos dos incas que contam muito da história deste povo. O tour guiado com a guia Natalie, que fala português, foi ótimo e fez toda a diferença. Não perca.

A Patricia do Turomaquia também foi ao Museu Larco e conta aqui porque também acha o programa imperdível.

4 – COMER NO PESCADOS CAPITALES

Comer bem em Lima é fácil. E vale a pena provar ao menos uma vez a tradicional cozinha peruana, mesmo para aqueles que não são fanáticos por comida. Porque comer no Peru, e especialmente em Lima, é programa turístico dos mais interessantes 😛 Mas se eu tivesse que escolher um lugar em Lima, certamente escolheria o Pescados Capitales. Também aqui por vários motivos. O lugar é grande, acomoda bastante gente e dá para ir sem reserva. Os garçons são ultra-simpáticos. A comida é excelente. O preço é bom. Que tal?

O cardápio é muito divertido, todo baseado nos pecados capitais. Peça um pisco e petisque o milho frito da casa ou um piqueo. Para começar, prove um ceviche ou tiradito. Adoramos o cebiche capital 3 x 3. Experimente um peixe, massa ou risoto e de sobremesa, a mousse de chirimoya ou a tarta de lucuma que são divinas.

O Edu e e a Dé também contam aqui como foi a experiência deles no Pescados Capitales.

5 – CURTIR O FIM DE TARDE E A NOITE NO BAIRRO BARRANCO

O bairro Barranco em Lima tem uma história parecida com a de outros tantos lugares. Bairro onde no passado os ricos e famosos da cidade construíram suas mansões de veraneio, depois ficou decadente. Há alguns anos  transformou-se no queridinho dos modernos e descolados da cidade. E, em seguida, no queridinho dos turistas também. Nele ficam as casas mais coloridas e as antigas mansões coloniais mais charmosas de Lima. É também o bairro de vários bons restaurantes e bares, discotecas e lugares para dançar e ouvir música ao vivo, ateliês de artistas, lojinhas descoladas, pequenos museus e galerias.

Li o excelente post da Manu Tessinari sobre o Barranco e fui na sua dica de começar o passeio pela Biblioteca Municipal, onde há um local para pegar informações turísticas e mapas da cidade. Próximo dela, a bonita La Ermita, a Puente de los Suspiros, o mirante com vista para o Oceano Pacífico  e a Bajada de Baños, um caminho que leva à praia. Ao lado da Puente, uma ruazinha de bares em casinhas coloridas. A alguns quarteirões dali fica a rua conhecida como Malecon Saenz Peña, onde fica a Dédalo, lojinha das mais badaladas do pedaço, e a Galería Lucía de La Puente. Da Biblioteca  também sai a charmosa Av. Pedro de Osma, onde ficam os museus Pedro de Osma e MATE, um próximo do outro. O primeiro é um casarão antigo com um conjunto de bonitas pinturas cusquenhas e o segundo um instituto criado pelo Mario Testino, famoso fotógrafo peruano. A Manu conta mais sobre o MATE aqui.

Entre os melhores restaurantes no Barranco, há o lindo e gostoso Amor Amar e o super moderninho mistura de bar e restaurante Ayahuasca, que ficaram na minha lista de desejos para uma próxima viagem 😛

E OS SÍTIOS ARQUEOLÓGICOS EM LIMA?

Já sei que vou apanhar de alguns: como assim você não citou entre as coisas imperdíveis em Lima a visitação de algum sítio arqueológico na cidade ou na vizinhança?? É porque realmente acho este apenas o item 6 na lista de coisas imperdíveis na cidade 😀

Pachacámac, provavelmente o  sítio arqueológico mais visitado, fica a 40 km da cidade em um local sem muita infraestrutura para o turista.Entre os sítios arqueológicos para visitação, fique com a Huaca Pucllana. É dentro da cidade, o lugar é pitoresco, o tour é completo e há todo um cenário de “bonecos” além de animais e plantações de verdade. O restaurante lá dentro é bem considerado e vista das ruínas é bacana à noite.

A Nat e o Fred do Sundaycooks foram a três sítios arqueológicos em Lima e contam a respeito deles aqui.

No blog Cup of Things da Manu, referência no que diz respeito a Lima, você vai achar dezenas de dicas bacanas da cidade. Inclusive este post que sugere o que fazer em Lima em um dia só.

Share
29 Comentários
  1. Acho que desse jeito, qnd vc acabar de escrever sobre o Peru, o meu roteiro estará pronto!!! hehehehe

  2. Lu, seus textos estão arrasando!!! Quer ser minha sócia? 🙂

    Obrigada pelos links!

    bjs,

    Manu

  3. Ótimas dicas! Também sou fã dos Pescados Capitales!
    Bjs

  4. Oi, Lu. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia

  5. Amei seu Blog vou segui-la abraços

  6. Ola tudo bem? Bom adorei essas informacoes postadas aqui, bom vejam so se conseguem me ajudar… irei vizitar Lima ficarei hospedado no centro e ficarei 7 dias por la. Estou indo apenas para conhecer algumas pistas de skate pois ando de patins a minha duvida é a seguinte… estou para viziar algumas cidades vizinha onde tem certas pistas conhecidas de Lima e nao sei se vou de onibus para estes lugares ( mas na conheco nenhum onibus que va a esses lugares ou alugar um carro seria melhor? Dizem que o transito de Lima é uma loucura total mas de onibus nao seria mais perigoso? Obrigado.

    • Warlley, infelizmente não estou muito familiarizada com o transporte em Lima e arredores e não posso te ajudar com esta dúvida. Entre no blog http://www.cupofthings.com/ da Manu Tessinari e pergunte a ela, que mora em Lima, quem sabe ela pode te ajudar? Um abraço,

  7. GOSTARIA DE INFORMAÇÕES ONDE PODEREI COMPRAR CIT TUR, COMO FUNCIONA OS TAXIS EM LIMA, PRETENDO IR A LIMA EM FEVEREIRO 2014,

    • Lu, não tenho informações sobre City Tours em Lima, pois não utilizei este serviço lá. Quanto aos táxis, posso dizer que eles não têm taxímetro, ou seja, você terá que negociar os valores diretamente com o motorista na hora da corrida. Negocie! Os táxis mais velhos acabam dando mais descontos. Saia sempre com antecedência pois o trânsito em Lima é bem complicado e você vai levar tempo entre os deslocamentos. Abraços!

  8. Olá Luciana, tudo bem?
    Adorei as dicas sobre Lima..vou ficar poucos dias e vai ser ótimo ter alguma informação! Gostaria de uma dica sobre onde passar o Reveillon em Lima! Estou indo com 6 amigos e não sabemos direito oq tem pra fazer! desde ja, muito obrigada!
    parabens pelo post! beijoss

    • Marcela, como não moro em Lima, não saberia te dizer! Mas procure contatar a Manu do blog A Cup of Things, ela mora lá e pode te dar boas dicas. Beijos!

  9. um amigo ja foi em lima trouse roupas de marca como lacost,tomy,abercobrie e etc originais com otimos preços vc sabe me falar se consigo achar com facilidade
    obrigado

    • Carlos Eduardo, não comprei roupas no Peru e não saberia dizer onde você pode encontrá-las lá, infelizmente. Abraços,

  10. OLá,
    adorei conhecer teu blog e ver as maravilhosas dicas. Estou montando minha viagem e estou pesquisando para conhecer a cidade. Que legal ter uma pessoa na cidade, nós gostamos de conhecer a vida dos nativos, um dos passatempo preferido é ir aos supermercado e as loja de materiais de construção.
    Obrigada pelas preciosas sugestões.
    Tenha uma ótima semana.

  11. Só não concordei com o “Centro de Lima é um pouco maltratado” … Particularmente não conheço nenhuma capital sulamericana tão limpa e florida… mesmo estando em um deserto!

  12. Gostei muito da maneira como voce escreve.
    Estou indo para Lima no final do ano e gostaria de dicas sobre o reveillon na cidade.
    Se puder me ajudar…

    Obrigada e grande abraco.

    Martha Cristina

    • Oi Martha, obrigada! Infelizmente não tenho omo te ajudar pois nunca passei o Reveillon em Lima! Procure o blog Cup of Things da Manu Tessinari, que mora em Lima, quem sabe ela pode te ajudar. Beijos,

  13. Olá Luciana muito bom seu blog , bom sou estudante , passei no intercâmbio , e irei ficar 6 meses em Lima o ano que vem , mas não sei exatamente onde ficarei , a universidade qe provavelmente eu irei é na Universidade Peruana Cayetano Heredia ? Onde ela se localiza exatamente ? Sabe algum tipo de alojamento ou pensão hotel confiavél por ali ? Desde ja agradeço e espero ansiosamente sua resposta .

    • Drielle, não conheço esta Universidade e não sei onde se localiza. Infelizmente nano poderei te ajudar. Um abraço,
      Luciana

  14. Adorei as dicas. Pretendo conhecer Lima em breve e gostaria de saber quantos dias de viagem considera suficientes para conhecer a cidade.
    Obrigada
    Ieda

    • Ieda, acho que no mínimo 2 dias inteiros. O ideal são 4 dias inteiros. Abraços,

  15. Ola eu visitarei lima peru no proximo mes e gostaria de algumas dicas tais como: seria melhor alugar uma carro ou andar de taxi para ir aos lugares e de quanto tempo eu preciso para visitar a cidade e finalmente eu gostaria de fazer umas compras de roupas com um preço bom e dizem que existem varias fabricas de roupas de grife no peru e possivel visitar as fabricas e fazer compras , muito obrigado

    daniel

    • Daniel, é melhor andar de táxi em Lima do que alugar um carro. O táxi é barato e o trânsito em Lima é caótico. O ideal é ficar uns 4 a 5 dias na cidade. Não sei informá-lo sobre compra de roupas de grife. Um abraço,
      Luciana

Deixe um comentário

Deixe um comentário