E tudo começou quando os avós, viajantes de carteirinha, tiveram uma ideia muito bacana. Combinaram que cada neto, assim que completasse 10 anos de idade, escolheria um destino no mundo para onde quisesse ir e os avós o levariam nesta viagem 🙂

O primeiro neto, o Bruno, viajou em julho de 2008. O destino escolhido por ele foi a África do Sul. Na viagem, um safári fotográfico em uma reserva no Kruger National Park, passeios em Cape Town e até uma ida a Victoria Falls, na fronteira entre a Zâmbia e o Zimbabwe, com direito a passeio de elefante e tudo.

Nós pais demos de presente ao Bruno, antes dele viajar, um caderno onde pudesse anotar suas impressões. Um diário de viagens. E todos os dias, depois dos passeios, o Bruno escrevia no seu diário. Nele também colou cartões postais, fotos e até folhas de árvores e penas. O diário ficou muito legal, foi lido e relido e guardado com o maior carinho.

Lembrei do diário de viagens do Bruno agora por conta de outra viagem. Em julho de 2012 é a vez do Theo. E como ele já esteve na África do Sul conosco, resolveu escolher um destino diferente para viajar com os avós. Puxamos a sardinha para Paris, pois achávamos que seria um local com atrações turísticas mais lúdicas, como os parques da EuroDisney e o Parc Astérix, as múmias no Louvre e a torre Eiffel. Mas ele bateu o pé e ficou firme no destino escolhido: Veneza 🙂 Assim, em breve, o Theo e seus avós embarcam para sua viagem por Veneza, incrementada por uns dias em Firenze, com direito a conhecer a torre de Pisa e passear de bicicleta em Lucca. E é claro que o Theo também ganhou de presente seu diário de viagens.

Pois foi a viagem do Theo que me deu a ideia de repartir com vocês um pouco destas viagens, aos olhos dos meninos.  Começando pela viagem do Bruno. Conversei com ele, que hoje tem quase 14 anos, e ele topou.

Assim, nas próximas duas semanas, um pouco do passeio pela África do Sul/Victoria Falls pelo Bruno, para vocês 🙂

Share
16 Comentários
  1. Lindo post, Lu.

  2. Que idéia mais bacana, Lu! Seus filhos têm sorte de ter pais e avós tão especiais, que os incentivam a serem criativos e curiosos desde cedo.

  3. Que demais Lu! Tenho certeza que essas viagens vão ficar guardadas pra sempre na memória deles.. Vou acompanhar! 😉

  4. Que ideia mais fofa desses vovós! E genial que os papais tenham incrementado com o diário – que é algo que eu amo muito até hoje 😀 Vou adorar ver a Africa do Sul aqui através dos olhinhos do Bruno.

  5. Que máximo. Esperando para saber sobre a viagem…

  6. Muito legal! Tô louca para ver as impressões do Bruno!!! beijos Ju

  7. Adoraria que me adotassem como neta… Vou acompanhar o diário do Bruno, ainda mais que Africa do Sul é um roteiro muito interessante.
    Lembranças, Luciana.
    Lucila Kneese

    • Lucila, eu também queria ser adotada como neta 🙂 Obrigada pela visita ao blog! Um beijo,

  8. É muito amorosa essa relação entre avós e netos, que coisa linda pra partilhar 🙂

  9. Aguardando as memórias do Bruno!

  10. Geniais os avós por incentivarem os meninos a viajar desde cedo, e os pais por incentivarem a registrar essas descobertas, um exercicio de observação e relato muito bacana!

    • Aqui em casa desde cedo a gente pega o “bichinho” das viagens, Natalia 🙂

  11. Que legal! Meu filho, Biel, também tem um espaço lá no blog e está começando a escrever as aventuras dele. E também tem a benção de ter avós sensacionais. Agora mesmo completou dez anos e de presente vai ganhar a tão sonhada viagem à Disney. O que me surpreendeu muito (positivamente, é claro) foram as escolhas não convencionais de seus filhos, Africa do Sul, Veneza… muito legal! E o diário de viagem também deve ser uma coisa linda, de se guardar pra vida inteira.

    • Elaine, que bacana, vou lá ler as aventuras do seu filho 🙂 Também me surpreendi com as escolhas deles! Um beijo,

Deixe um comentário para Carmem

Deixe um comentário